Páginas

segunda-feira, 29 de julho de 2013

GREVE DOS SERVIDORES MUNICIPAIS CONTINUA

Novas mobilizações marcam greve dos servidores municipais de Ilhéus 

Trabalhadores de todas as categorias de servidores públicos municipais de Ilhéus decidiram na manhã desta segunda-feira (29) permanecer em greve por tempo indeterminado e durante toda a semana estarão realizando mobilizações pela cidade, caso o prefeito Jabes Ribeiro continue sem querer negociar com os trabalhadores sobre o reajuste dos salários e o fechamento da Campanha Salarial 2013. Nesta terça-feira os servidores estarão mais uma vez mobilizados em frente ao Palácio Paranaguá, aguardando que o governo municipal apresente uma proposta de reajuste salarial.

Já os trabalhadores em educação da rede municipal estarão realizando uma assembleia também nesta terça-feira, às 8 horas da manhã, no plenário da Câmara de Vereadores, para avaliar o movimento de paralisação e deliberar sobre novas ações que serão adotadas nos próximos dias pela categoria. Logo após a assembleia os trabalhadores em educação estarão se unindo aos demais servidores para juntos realizarem o ato público em frente à Prefeitura. Os trabalhadores não descartam a possibilidade de realizar uma nova passeata pelas ruas do centro da cidade para esclarecer a sociedade sobre os motivos da paralisação.

Durante a assembleia realizada na manhã desta segunda-feira os representantes dos cinco sindicatos de servidores públicos municipais mais uma vez denunciaram uma série de desmandos administrativos praticados pelo governo municipal, como o inchaço na folha de pagamento com a contratação de cargos comissionados, aumentos exorbitantes dos salários dos secretários municipais, além da contratação de empresas para a tercerização de serviços, causando sérios prejuízos para o município. Os servidores também denunciaram as ameaças que vem sendo feitas pelo prefeito e secretários municipais e reforçaram que não vão se curvar diante das tentativas de intimidações.

A greve geral de todos os servidores públicos da Prefeitura de Ilhéus continua por tempo indeterminado e durante o período de paralisação os servidores estarão se concentrando todos os dias, sempre a partir das 8 horas da manhã, em frente ao Palácio Paranaguá, para discutir os rumos do movimento. De acordo com os líderes sindicais, o prefeito Jabes Ribeiro continua insistindo em números irreais e mentirosos da folha de pagamento com pessoal e se recusa a apresentar uma proposta de reposição salarial dos servidores, o que acaba dificultando o diálogo dos trabalhadores com o governo municipal. 

ASCOM - APPI/APLB

Nenhum comentário:

Postar um comentário