Páginas

terça-feira, 20 de novembro de 2012

DESABAFO DO GCM LOPES DE EUNÁPOLIS

GUARDA MUNICIPAL DE EUNÁPOLIS ACREDITA NA INOCÊNCIA DOS COMPANHEIROS PRESOS EM SANTA LUZIA

Ontem à tarde tive o prazer de conversar com o GCM Paulo Lopes da cidade de Eunápolis, que muito triste e emocionado, escreveu para este Blog sobre o caso dos GCM’S presos na cidade de Santa Luzia. O GCM Lopes acredita na inocência dos companheiros, e desabafa dizendo que eles estavam sendo ameaçados de morte na cidade de Eunápolis. Os GCM’S presos estão a mais de uma semana no Presídio Ariston Cardoso em Ilhéus, onde estão tendo o total apoio dos GCM’S Victor e Joanderson que acompanham de perto o drama destes Guardas Municipais. Leia abaixo na integra o texto escrito pelo GCM Lopes.

A INOCÊNCIA DOS GCM’S DE EUNÁPOLIS

Caro amigo Nascimento, venho através deste informar sobre o caso dos GCM de Eunápolis presos. Conheço todos eles que estão presos, e dois deles sempre foram meus parceiros de viatura, eles nunca aceitavam arbitrariedade, falta de educação para com as pessoas etc. e tal..., mais por ironia do destino eles acabaram caindo em uma armadilha, feita pelo demônio ou um ser oculto que se manifestaram sobre eles. Aqui em Eunápolis já fizemos varias prisões e todas em flagrante delito. Já colocamos traficantes, ladroes, estelionatários e vários outros infratores na cadeia. Na maioria das vezes sempre estavam presentes nessas prisões eu GCM Lopes, GCM Ribeiro e o GCM Melo (os dois últimos estão presos) por causa de trabalharmos incansavelmente contra o crime, estamos sendo ameaçados de morte. É possível vc ver uma ameaça contra o GCM Lopes no site radar64. Na pagina de comentários sobre a prisão dos meninos.

Sempre pedimos que a prefeitura fizesse um convenio com o SENASP, sempre pedimos um curso de tiro, sempre pedimos um colete balístico para trabalhar, mas tudo foi negado, estamos jogados às traças. O presidente da nossa associação o GCM Vitorio depois de pedir no comercio e demais instituições conseguiu de uma empresa de segurança uns balísticos usados. É certo que os balísticos estavam vencidos ha mais de cinco anos, mais como estávamos precisando então pegamos para usar, pois iam pro lixo mesmo. Os guardas foram até Santa Luzia levar um colega nosso de farda que mora lá nessa ida pôr surgiu três revolveres calibre 38 com um preço muito baixo 2000 os três.

Por diversas vezes marginais esperou dois desses guardas na porta de casa pra matar, então eles não usavam armas e queriam se proteger, já que a prefeitura não aceitou os pedidos da gente.

Chegando em Santa Luzia, por inexperiência, eles pagaram os dois mil pro vagabundo e o cara deu a eles um revolver calibre 38 com numeração raspada, aí eles perguntaram: cadê os outros dois? O cara respondeu: “vou buscar na casa de meu colega”. Eles queriam ir buscar com o cara. Foi nessa hora que o vagabundo falou: ‘pode me esperar que eu volto” e deu como garantia que ia voltar uma quantidade de  drogas para eles segurarem. Inocentes eles seguraram, com certeza esse mesmo vagabundo ligou pra policia e aí a casa caiu.

Esperamos em Deus que a juíza do caso acredite na inocência dos meninos. O mais engraçado é que que a policia chegou a pegar o meliante dono da droga no dia, um tal de paulista, mas não se sabe porque o cara foi liberado. Esse tal de paulista segundo informações, tem varias passagens e tem um mandado de prisão em aberto.
Defendo os meninos por que os conheço, se eu não os conhecesse, eu assim como a sociedade, não acreditava neles. Mas com certeza, eles são inocentes nenhum deles é traficante ou usuário de qualquer droga. Sei que Deus sabe de todas as coisas, e vai provar a inocência deles. Luiz Claúdio, Anderson Santiago, Josivaldo Ribeiro, Élcio e Pedro Soares estarei do lado de vocês ontem, hoje e sempre acreditarei em vocês. Deus os abençoe.

Peço à população que não julguem os meninos, sei que é difícil devido a tanta corrupção que vimos no dia a dia na policia e principalmente na politica. Mais a inocência existe.

Paulo Lopes – Guarda Civil Municipal na cidade de Eunápolis 


Nenhum comentário:

Postar um comentário