Páginas

sexta-feira, 6 de julho de 2012

ARTIGO - POLÍTICA MEDIOCRE E NOJENTA

Amigos visitantes, farei um desabafo. A política eleitoral ilheense está cada vez pior.

Apesar dos inúmeros problemas enfrentados diariamente pela população, os candidatos preferem manter a “politicagem” no centro do debate.

A mediocridade coloca em segundo plano as inúmeras pendências que são de interesse público.

Como resolveremos o colapso no sistema municipal de saúde? De que forma poderemos aproveitar a novela Gabriela, da rede Globo, para atrair mais turistas? Por que nossa história e o legado cultural da civilização do cacau, fatores que nos diferenciam, não servem como atrativos turísticos? O que está faltando? Por que limpeza pública e iluminação persistem na agenda da cidade como problemas sem solução? Como vai a população dos distritos, vilas e povoados? Por que a obra da orla sul está parada? A segunda ponte vai realmente ser construída? Os problemas são muitos, porém, ignorados.

Toda a nossa imprensa, inclusive este blog, está servindo de trampolim para o ridículo, irradiado pelas fofoquinhas dos bastidores.

Cobrir e analisar a política de Ilhéus dá asco. Corrupção, esperteza e ganância norteiam as informações.

A pergunta que não quer calar é: quem é mais ladrão?

Essa é pauta de todos os dias.

Por Emílio Gusmão

Nenhum comentário:

Postar um comentário