Páginas

sábado, 28 de janeiro de 2012

AS BOBAGENS DE FHC

"A vida de rico, em geral, é muito chata"
 Frase de um sociólogo que acabou com o Brasil

 A frase "Não vamos prometer o que não dá para fazer. Não é para transformar todo mundo em rico. Nem sei se vale a pena, porque a vida de rico, em geral, é muito chata" foi escolhida como uma das maiores bobagens ditas em todos os tempos por um político pelos autores do "Book of All-Time Stupidest: Top 10 Lists", Ross e Kathryn Petras.
 
A autoria é do nosso FHC, o presidente que quebrou o Brasil três vezes e que hoje gasta seu tempo tentando provar que não fez o que fez e que não disse o que disse - a ele é atribuída também o "Esqueçam tudo o que eu escrevi", que ele jura nunca ter proferido.
 
Ross e Katthryn Petras fizeram, porém, uma pesquisa incompleta. Pelo menos no caso do nosso ex-presidente, o imortal "Príncipe dos Sociólogos". Se tivessem demorado mais no Google certamente encontrariam pelo menos umas dezenas de outras frases exemplares de FHC, verdadeiras joias do bestialógico nacional.

4 comentários:

  1. Se um país fosse viver em função de tudo o que diz o seu presidente, o Brasil seria uma nação 100% de miseráveis afinal de contas falar bobagem era a especialidade de LULINHA CACHAÇA. E vou além, quem conhece um pouco de política administrativa sabe muito bem quem colocou o país no caminho certo. Depois que o rumo já havia sido estabelecido, que o norte já havia sido encontrado ficou relativamente facil, haja visto que o que o ex-presidente LULINHA CACHAÇA fez foi nada mais, nada menos que dar continuidade ás políticas já implantadas pelo MESTRE FERNANDO HENRIQUE CARDOSO ( vide bolsa escola, bolsa familia etc. )
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Realmente o Sr. Daniel nunca acompanhou de fato, a vida politica e social do Brasil. FHC deixou o risco país (dado que mede a credibilidade do país no exterior)acima dos 1900, deixou o país com mais de 50 milhões de miséraveis. O Brasil andava nas mãos do FMI. Hoje o Brasil passou a ser credor meu caro se você não sabe. Acho que nem mesmo o sociólogo FHC falaria uma bobagem dessas que você está falando. Pífia sua colocação. Discutindo política com emoção, coisa de amador. Contra fatos e números não a argumentos.

    GCM NASCIMENTO

    ResponderExcluir
  4. Bobagem por bobagem os dois presidentes em discussão falaram muitas, o fato é que certas bobagens ditas por FHC deixaram exposto sua preferência em previlegiar a alta classe, quem se esqueceu da famosa fala em que o mesmo chamou o aposentado de vagabundo. Emquanto Lula trouxe de volta o discurso populista composto de suas famosas metáforas.
    Jiliarde

    ResponderExcluir